15 de julho de 2012

Aplauso dos jornalistas

"Batman - O Cavaleiro das Trevas Ressurge" teve no fim de semana passado, nos EUA, as primeiras exibições para jornalistas. O filme, terceiro e último segmento da trilogia concebida e dirigida por Christopher Nolan, foi muito bem recebido e ganhou aplausos em cena aberta durante várias dessas sessões.

Com Tom Hardy no papel do vilão Bane e Anne Hathaway como a ambígua Mulher-Gato, o filme retoma o enredo a partir do fim de "O Cavaleiro das Trevas" (2008), quando o comissário Gordon (Gary Oldman) diz: "Batman é o herói que Gotham merece, mas não o que necessita neste momento."

"Para mim, o mais importante é que conseguimos terminar a história", disse Nolan durante entrevista coletiva da qual o UOL fez parte, concedida a jornalistas de várias partes do mundo. "Foram dez anos dedicados a esse trabalho e o que sempre tive em mente foi conceber algo consistente."

Parte do desafio, ainda segundo Nolan, era equilibrar essa consistência com a inclusão de novidades que trouxessem os fãs do personagem e dos outros filmes da trilogia de volta aos cinemas. Parte dessas novidades, o público conhece há algum tempo: a introdução do vilão Bane e da parceira e antagonista Mulher-Gato.

Outras surgem ao longo do enredo, mas não é prudente menciona-las sem tirar o gosto da surpresa. Fato é que O Batman de Christian Bale encerra seu ciclo e o ator confirma que diz adeus à franquia. "[O Batman] significou muita coisa para mim e a minha carreira", disse Bale. "Mas realmente é hora de dizer adeus."

No papel de Selina Kyle, Anne Hathaway, que se apresentou para falar sobre o filme com o cabelo curto, disse que a preparação para encarnar a durona Mulher-Gato foi "dura e divertida": "Aprendi a lutar e hoje sei me defender de caras com três vezes o meu tamanho."

Sobre o figurino sensual, a atriz confessou que tinha medo de que ficasse ridículo e evitava passar por espelhos para conferir o resultado. "Preferi me concentrar no personagem", explicou ela. "Quando [eu e Christian Bale] nos encontramos no set pela primeira vez, ambos em nossos uniformes, senti um arrepio. Foi quando percebi que não tinha como dar errado."

Arredio, Tom Hardy não fez parte da turnê de imprensa de "O Cavaleiro das Trevas Ressurge". Mas foi lembrado tanto por Nolan, que apostou tanto em sua fisicalidade quanto em seu talento para fazer o personagem mascarado, quanto por Bale, que reconhece no colega a capacidade de superar os limites impostos pela natureza do vilão. "Tom é um ator impressionante", destacou Bale.

"É surpreendente o que ele consegue fazer por detrás da máscara e com a voz coberta. Gostaria de ter a capacidade de superar essas limitações como ele."

Ledger
Como era de se esperar, Heath Ledger, o Coringa da trilogia, foi lembrado em uma das perguntas. Coube a Bale responder qual era o sentimento das pessoas no set em relação ao ator, falecido após as filmagens em decorrência de uma overdose acidental de remédios. "Ele fez parte dessa família e, claro, sempre lembramos dele com todo o carinho", disse.

Fonte: UOL


"Batman não é um super-herói convencional"

Em entrevista ao Daily Telegraph, o ator Christian Bale, que interpreta Batman na trilogia O Cavaleiro das Trevas, dirigida por Christopher Nolan, declarou que não acha que o Homem-Morcego representa um super-herói convencional."Ele está repleto de remorso, tornando-se um recluso e desistindo de tudo. Está com uma saúde física e mental muito fraca. Não é um super-herói saudável, tem múltipla personalidade e é um indivíduo muito triste e solitário", disse o inglês. Bruce Wayne, que no início de sua história perde os pais durante um assalto e acaba morando na mansão da família acompanhados do fiel mordomo Albert, usa o Homem-Morcego como válvula de escape para sua própria revolta, segundo Bale. "A razão pela qual ele se veste de Batman é porque ele se sente monstruoso, então cria um monstro para representar o seu ódio e mantê-lo longe de sua vida pessoal". "Ele tem aquela persona de playboy e o Batman é a personificação de sua raiva e senso de injustiça. É quase um vilão e quer ir até o limite, onde ele não pode fazer nada de errado, mas eu altruísmo o impede de fazer isso", concluiu o ator. O último filme do herói com Bale no papel princial, Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge, estreia no dia 27 de julho nos cinemas brasileiros.

Nenhum comentário: