Postagens

Meu bat-gibi número um

Imagem
Sílvio Ribas A história inicial e mais importante daquela revistinha em quadrinhos nunca deixou a minha cabeça e o meu coração. Publicada em setembro de 1979 pela Ebal, na edição mensal de Batman (40), “A Máscara de Diamantes” foi talvez a primeira leitura “adulta” que fiz do meu herói preferido, ainda aos nove anos. Este querido gibi talvez tenha sido também o item inaugural da minha coleção dedicada ao maior herói da DC, que reúne milhares agora. Reli inúmeras vezes ao longo de décadas aquele exemplar no brasileiríssimo formatinho (13,5 centímetros de largura por 20,5 de altura), 100% colorido e com papel encorpado. Guardo com carinho o volume de 32 páginas e lombada grampeada, com preço anunciado de 10 cruzeiros e que exibe no seu verso uma propaganda da Gulliver com bonequinhos de heróis montados em motos à fricção, que povoavam meus sonhos à época. Apesar da ilustração de Jim Starlin na capa sugerir trama da dupla dinâmica com a heroína Caçadora e participação do M

Batman – O campeão da força de vontade

Imagem
Por Sílvio Ribas As missas da escola católica de meu filho, João, ocorrem sempre na primeira sexta-feira do mês. Nelas, os celebrantes fazem a sua homilia na forma descontraída, conversando com as crianças, que são a maioria dos fiéis presentes. Não raro sai desse bate-papo situações divertidas em razão da ingenuidade e da sinceridade da garotada. Mas tem um episódio que curti mais, quando meu menino se levantou para responder em alto e bom som à pergunta do padre sobre qual era afinal o superpoder de Batman, dentro de uma argumentação para valorizar o papel especial dos pais. “É a força de vontade! É a força de vontade!”, gritou ele.  A resposta do meu pequeno soou estranha ao público e ao religioso, que continuou pedindo alternativas. Ouvi aquela reação sincera e entusiasmada dele com orgulho. João informou a todos o que aprendeu comigo, um pai também fã de quadrinhos. Aprendiz e herdeiro de minha batmania, ele aprendeu desde pequeno que o Homem-Morcego é apenas um ser huma

Batman Mineiro

Imagem
Ele não tem poderes mágicos, tampouco precisa de uma identidade secreta. Mesmo assim, como um super-herói, ajuda diariamente a salvar um pedacinho da humanidade. O Batman Mineiro, incorporado pelo biomédico Rodrigo Perdigão, aparece em pontos da capital com um intuito ainda mais nobre que o de combater o mal:  ele tenta resgatar a fé e a fantasia da criançada. As aparições — sempre gratuitas  — já foram realizadas em aeroportos, comunidades carentes e hospitais da cidade. "A ideia é alegrar os pequenos e levar até eles um pouquinho de fantasia", afirma. Algumas das ações contam com a ajuda de uma versão mirim do Capitão América, fofamente interpretado pelo filho de Rodrigo, Rafael, de 3 anos. Festas de aniversário também já receberam a visita do Batman voluntário e, agora, Rodrigo pretende levar os encontros às praças da cidade, selecionando grupos de crianças para participar. Os critérios de seleção são sigilosos, mas Rodrigo garante que o mais importante é que os g

Novo bat-livro na praça

Imagem
Será lançado hoje, quinta-feira, 22 de setembro, na capital paulista, o livro Batman e Superman no Cinema, de André Azenha, jornalista e crítico de cinema. O evento começa 19h, no Instituto HQ (Av. Pompeia, 2.040), com bate-papo e entrada gratuita. A obra estará à venda por R$ 30. Azenha comentará os principais momentos das séries e filmes desses heróis e o futuro da DC na telona.

Batmen do cinema

Imagem
LEWIS WILSON ("O Morcego", 1943) O norte-americano Lewis Wilson tinha só 23 anos quando foi escolhido para dar vida ao bilionário Bruce Wayne na primeira versão para o cinema do Cavaleiro das Trevas. Exibido em quinze capítulos nos cinemas, "O Morcego" mergulhava no espírito da Segunda Guerra Mundial, com o herói combatendo um espião japonês, Dr. Daka. A carreira de Wilson basicamente não foi para lugar nenhum, e uma década depois ele se aposentou do show biz. ROBERT LOWERY ("A Volta do Homem Morcego", 1949) O segundo seriado com o Homem Morcego nos cinemas trouxe um novo ator no papel principal. Robert Lowery, aos 36 anos, assumiu a persona do playboy Bruce Wayne em "A Volta do Homem Morcego" (com Johnny Duncan como o Menino Prodígio) para combater um vilão encapuzado, o Mago. Com orçamento ínfimo, o seriado deu a Lowery  (que teve uma longa carreira no cinema e na TV) o pior traje do Batman de todos os tempos. ADAM WEST ("

Bat-encontro de Brasília

Imagem
Na tard e do próximo sábado,  14 de novembro, a capital do país sediará o primeiro evento público para  os fãs de Batman. No Estacionamento 11 do Parque da Cidade, próximo ao Parque de Diversões Nicolândia e de frente ao Kartódromo, estreará o Bat-Econtro de Brasília, a partir de 14h20. O organiza dor da festa, o DJ Lord ( www.facebook.com/SimplesmenteLord ), convida os admiradores locais do Morcegão e outros interessados a comparecerem caracterizados como algo de Batman ou de outro personagem do universo do herói. O objetivo é diversão e amizade. A programação incluirá as seguintes atrações: - Food Trucks da Braz Bier, do Carlão's Truck e da Dom Burger BSB - Show da banda Alvorada Voraz - DJs Hilgert e Lord

Batdad ataca no Brasil!

Imagem
Batpapai ataca no Brasil! – Recebi nos últimos dias dezenas de mensagens de amigos no Facebook anexadas com o mesmo vídeo de compilação de sketches de um tal BatDad (Bat-Papai). Esse material caseiro muito bem feito e extremamente hilário, mostrando o cotidiano de obrigações de um pai “normal” de Atlanta, na Geórgia (EUA), Blake Wilson, era totalmente desconhecido de mim e da maioria dos brasileiros. A lembrança daqueles que também me veem como um Bat-Papai me levou a conhecer o personagem mascarado como Batman, que bomba na internet desde a segunda metade de 2013. Depois de virar fenômeno nos lares americanos, com direito a camisetas inspiradas no seu bordão (Jen!), um chamado da esposa, ele agora viraliza no Brasil. “Na na na na na na na na, this is BatDaaaad”, repete Blake, com a voz guttural do Cavaleiro das Trevas interpretado por Christian Bale. Em seu canal próprio na web, podemos ver o divertido andando os filhos gêmeos Benjamin (Bem) e Sienna escovar dente, ir nanar e cumpr