19 de maio de 2009

Entrevista: Levi Trindade

Por conta da comemoração dos 70 anos de Batman, o jornalista Pedro Brandt, do Correio Braziliense, fez uma interessante entrevista com o editor do herói no Brasil, Levi Trindade. Por desencontro de horários, ela não saiu publicada no jornal. Reproduzo abaixo com exclusividade as respostas de Levi. Enjoy

Como vê a chegada aos 70 anos de Batman, personagem que sofreu tantas mudanças?
Acredito que o fato de todas as mudanças pelas quais o personagem vem passando atualmente sejam reflexo dessa data especial. Batman se tornou um ícone. E é assim que ele vem sendo tratado. Como já noticiado mundialmente, aparentemente ele encontrou seu destino definitivo na minissérie Final Crisis (que no Brasil sairá como Crise Final, a partir de julho). Porém, a conclusão da mini reserva surpresas para os fãs. De qualquer forma, a editora DC Comics está promovendo uma outra minissérie em que vários ex-companheiros de aventuras do Homem-Morcego disputam para substituir o sombrio herói e manter vivo o seu legado.

A Panini/Mythos prepara algo para comemorar a data?
Sim, a partir de junho, uma coleção intitulada Batman 70 Anos (em quatro volumes mensais) chegará às bancas, apresentando diversas histórias clássicas do personagem.

Qual é o segredo do sucesso de Batman?
Acredito que os leitores e fãs se identificam com o fato de Batman ser um mero mortal que, por meio de seus próprios esforços e méritos, conquistou tudo o que tem e ainda consegue atuar ao lado de superseres que são quase como deuses na Terra. Sua inteligência, sagacidade, determinação e astúcia o fazem um personagem admirável.

Os quadrinhos do herói continuam tendo grande influência sobre o público?
Tanto existem fãs que só acompanham Batman pelos filmes do cinema ou séries animadas (e por outras mídias), quanto há fãs que só acompanham os quadrinhos. Porém, é inegável que o apelo midiático do personagem faz com que surjam novos leitores continuamente, desejando acompanhar o herói nas páginas dos gibis.

Como andam as vendas das revistas de Batman, o tamanho desse mercado editorial?
Atualmente, as vendas das revistas de super-heróis estão bem aquém do que eram nos anos 1980 e 1990. Antigamente, se trabalhava com vendas em patamares de mais de 100 mil exemplares. Hoje, se alguma publicação atinge um quarto disso já pode ser considerada um sucesso. E Batman ainda é um de nossos carros-chefes.

PS: Valeu pela entrevista, cara. Um abração, Levi Trindade.

Fonte: Pedro Brandt, 29/05/05

Nenhum comentário: