25 de janeiro de 2009

Resenha do quadrinista Vergueiro

Em nova revirada nos baús de textos publicados na web sobre o Dicionário do Morcego, encontrei essa resenha do coordenador dos cursos sobre histórias em quadrinhos da Escola de Comunicações e Artes (ECA) da Universidade de São Paulo (USP), professor Waldomiro Vergueiro. Deixo aqui mais esse arquivo para o clipping eletrônico deste bat-blog.

Um dicionário sobre o Batman

Waldomiro Vergueiro

No embalo do lançamento do último filme do Cruzado de Capa, já se encontra nas livrarias e lojas especializadas brasileiras o Dicionário do Morcego, uma verdadeira enciclopédia com 1.500 verbetes sobre o Batman, criado para os quadrinhos pela dupla Bob Kane e Bill Finger. Elaborado pelo jornalista Silvio Ribas, o livro representa a realização de um velho sonho do autor, desde sua infância um grande aficionado pela figura do Homem-Morcego.

Apresentando informações sobre inimigos e aliados do herói, os diversos autores que a ele se dedicaram em seus 66 anos de publicação e detalhando seu aparecimento nas diversas mídias, mas englobando também diversas curiosidades relacionadas à personagem, a obra busca proporcionar um guia detalhado sobre um dos maiores fenômenos da história em quadrinhos mundial, proporcionando aos leitores de língua portuguesa uma fonte rápida e segura para informações sobre o seu universo.

Trata-se de uma obra de paixão, que busca fazer uma homenagem a um dos maiores mitos da literatura gráfica do século 20. O texto é baseado em prolongado trabalho de pesquisa de seu autor, que durante anos confeccionou informações sobre as diversas encarnações da personagem, leu dezenas de obras monográficas e artigos sobre o Batman e manteve uma frutífera troca de informações com leitores e colecionadores de diversas partes do mundo. Tudo isso lhe possibilitou organizar um compêndio bastante detalhado sobre seu objeto de pesquisa, apresentando uma cronologia de sua trajetória, desde seu aparecimento, na revista Detective Comics n. 27, de maio de 1939, até o lançamento do filme Batman Begins, em junho de 2005.

Como obra dedicada a um personagem emblemático dos quadrinhos, o livro do jornalista mineiro vem somar-se a outras ótimas publicações disponíveis na literatura mundial, como Batman unmasked, de Will Brooker; Batman: the ultimate guide to the Dark Knight e The Batman Handbook, ambos de Scott Beatty; Batman: the complete history, de Les Daniels e Chipp Kid; e Tales of the Dark Knight, de Mark Cotta-Vaz.

Ainda que em alguns momentos o livro possa soar como exagerado ou excessivamente laudatório ao Cruzado de Capa, o Dicionário do Morcego é, sem dúvida, um texto que merece ser incluído nas bibliotecas de todos aqueles que se interessam pelo herói, bem como representa uma ótima contribuição ao seu estudo acadêmico. Publicado pela Flama Editorial, o Dicionário do Morcego tem 276 páginas e custa 35 reais, podendo ser encontrado nas lojas especializadas em quadrinhos.

Fonte: www.poppycorn.com.br (16/07/2005)

Nenhum comentário: