5 de dezembro de 2008

Em 2009: TDK o retorno

Reproduzo notícias do G1 de hoje sobre a reestréia mundial nos cinemas do blockbuster Batman - O Cavaleiro das Trevas (The Dark Knight), rumo ao US$ 1 bilhão nas bilheterias americanas. As informações originais são da revista Variety.

RUMO AO CLUBE DO US$ 1 BI

A Warner Bros. vai relançar O cavaleiro das trevas nos cinemas americanos em 23 de janeiro, garantindo que esse se torne o quarto filme a arrecadar US$ 1 bilhão de bilheteria no mundo todo. O mais recente Batman faturou US$ 530 milhões nos Estados Unidos e mais US$ 465,5 milhões internacionalmente, faltando apenas cerca de US$ 4 milhões para atingir a marca de US$ 1 bilhão –até então superada apenas por Titanic, O senhor dos anéis – O retorno do rei e Piratas do Caribe – O baú da morte. O relançamento ocorrerá seis semanas após o filme, protagonizado por Christian Bale e Heath Ledger, ser lançado nos Estados Unidos em DVD. De acordo com a assessoria de imprensa da Warner no Brasil, não há previsão de relançamento do filme por aqui.

OSCAR

Com o sucesso de Cavaleiro das trevas nas bilheterias mundiais, virou consenso em Hollywood que Heath Ledger deveria receber uma indicação póstuma ao Oscar, e essa era a grande esperança do novo Batman na premiação da Academia. Mas agora que os críticos de cinema já têm uma idéia geral dos possíveis candidatos ao Oscar, Cavaleiro das trevas surge como um forte concorrente às categorias melhor filme e diretor, para Christopher Nolan.

Sites como TheEnvelope.com e Awardsdaily.com, especializados em previsões para o Oscar, citam Nolan e Ledger entre os principais candidatos e apontam Cavaleiro das trevas entre os possíveis indicados à estatueta de melhor filme, ao lado de Frost/Nixon, de Ron Howard, Milk, de Gus Van Sant, e The curious case of Benjamin Button, de David Fincher.

"Longe de mim tentar prever, acho que não é legal ficar tentando prever em quem as pessoas vão votar. Mas, certamente, para mim, os grandes candidatos nesse filme são Heath Ledger para ator coadjuvante e Chris Nolan para diretor, porque ele fez um trabalho extraordinário, e eu acredito que deve ser indicado ao prêmio de melhor filme também", disse o protagonista de Cavaleiro das trevas, Christian Bale.

É pouco provável que um filme de ação entre para o grupo das produções de prestígio, já que os eleitores do Oscar tendem a aprovar adaptações literárias, e não de quadrinhos. Entre os poucos filmes de ação que conseguiram subir ao trono do Oscar estão os três O senhor dos anéis e Indiana Jones e os caçadores da arca perdida. Entretanto, considerando o sucesso de público e crítica de Batman Begins, de 2005, a seqüência elevou o gênero dos super-heróis a um novo patamar, com críticos de toda parte citando Cavaleiro das trevas como um dos melhores lançamentos de 2008.

"É um filme de gênero, mas acho que Cavaleiro das trevas vai além em termos de tema", disse o ator Aaron Eckhart, que está no elenco do longa. "Sociologicamente, é um filme importante. Acho que na época em que vivemos, com o terrorismo e as pessoas buscando uma voz dentro de suas cidades, é um filme importante. Mas é um filme de Batman, e isso ajuda e atrapalha", acrescentou.

LANÇAMENTO DO DVD

Com um faturamento de mais de US$ 1 bilhão em todo o mundo, Cavaleiro das trevas sai em DVD nos EUA na terça-feira (9), dois dias antes do anúncio dos indicados ao Globo de Ouro, que pode ajudar a produção na disputa pelo Oscar. Heath Ledger, que morreu em janeiro, vítima de uma overdose acidental de medicamentos, é considerado um provável indicado à estatueta de ator coadjuvante por sua atuação diabólica como o vilão Coringa. Os indicados ao Oscar serão divulgados no dia 22 de janeiro, aniversário da morte de Ledger.

"Gostaria de pensar que ele está orgulhoso de ter conseguido provocar e emocionar o público do jeito que desejava", disse o diretor Christopher Nolan. "Todo e qualquer reconhecimento de sucesso da performance de Heath é uma grande fonte de orgulho e um alívio para mim, pois sinto que fiz meu melhor para colocá-la lá."

Nenhum comentário: