Postagens

Mostrando postagens de abril 25, 2009

Feliz aniversário, morcegão!

Imagem
O site Omelete publicou ontem nota dando conta do aniversário de Batman ter ocorrido no último sábado, se considerar a logística de distribuição das revistas em quadrinhos nos EUA dos anos 30. Baseado em outros sites especializados, o atento Érico Assis , lembra que a legendária Detective Comics 27 é mesmo de maio de 1939, como consta na capa, mas que alguns estudiosos consideram a data de 18 de abril como estreia oficial de Batman nas bancas. A maioria dos meus bat-amigos ainda se fia na data oficial de 7 de maio, como consta no Dicionário do Morcego. Polêmica? Bem, leiam antes a nota do Érico: "Você pode não ter percebido, mas no último sábado, dia 18 de abril, Batman apagou velinhas. Setenta delas, para ser mais exato. Apesar de o Homem-Morcego ter debutado numa revista, Detective Comics 27, com "MAIO, 1939" na capa, os estudiosos dos sites The Golden Age of Comic Books e Silver Age Comics garantem que a edição chegou às bancas dos EUA em 18 de abril de 1939. Portant

Dos quadrinhos para a vida real

Imagem
por Claude Bornél O que é o herói? Pela definição do Dicionário Aurélio, herói é um homem (ou mulher) extraordinário pelos feitos guerreiros, valor ou magnanimidade. Encontramos heróis nos quadrinhos, na vida real e, de vez em quando, heróis da vida real que se apropriam da imagem do dos gibis para entrar em ação. Às vezes, os motivos para vestir um uniforme colante "igual" ao de um personagem conhecido não chega a ser dos mais nobres. Mas, em outras vezes, fazem toda a diferença. Em qualquer dos casos, difícil não dizer dizer que são heróis. (...). Em julho do ano passado um homem não-identificado invadiu a Câmara de Vereadores de Joinville (SC) vestido com um uniforme de Batman. O propósito do cidadão foi protestar contra um aumento de 36% nos salários dos vereadores. Ele invadiu o plenário exatamente na hora em que a votação estava acontecendo e, ao menos, conseguiu que o presidente da Câmara, Fábio Dalonso, interrompesse a sessão até que o "cruzado embuçado"

A história não lembrada de Batman

Imagem
Por Roberto Guedes A primeira imagem desta mensagem faz parte da página splash da revista Batman 208 (janeiro/fevereiro de 1969), dos estertores da Era de Prata. É a primeira e única aparição de uma tal “sra. Chilton”. Uma história muito interessante que recontou a origem do Homem-Morcego, desenhada por ninguém menos que Gil Kane, e escrita por E. Nelson Bridwell. Essa edição foi especial, com mais páginas, e intercalou texto e arte inédita com material antigo, para explicar diversos pontos do rico background do herói acumulados durante anos até aquele momento. No decorrer da trama, você fica com a impressão de que a velhinha é maluca. Mas ela realmente não está brincando quando diz que é a “mulher mais importante” da vida do Morcegão. Pode apostar que sim. Mais que Marcia Monroe, Julie Madison,Vicki Vale... O fato é que essa desconhecida sra. Chilton era uma governanta do Dr. Philip, tio de Bruce Wayne. “Sei...”, está você sussurrando meio desconfiado, não é? Bem, foram esses dois