Postagens

Mostrando postagens de junho 23, 2009

Retrospectiva Tim Burton no MoMA

Imagem
Centenas de desenhos, roteiros, marionetes, maquetes e vestuários originais darão a dimensão e a importância do talento do genial Tim Burton. As peças serão organizadas de maneira a compor uma retrospectiva da carreira do cineasta e escritor americano, a ser inaugurada no Museu de Arte Moderna de Nova York (MoMA) em 22 de novembro. A exposição, organizada por Ron Magliozzi em colaboração com o próprio Burton, vai explorar parte da vida e toda a obra do artista: dos trabalhos que criou em sua infância e adolescência na Califórnia até as produções cinematográficas que lhe deram fama - essas também estarão presentes na exposição. Os Fantasmas se Divertem (1988), Batman (1989), Edward Mãos de Tesoura (1990), O Estranho Mundo de Jack (1993), Planeta dos Macacos (2001), Peixe Grande e suas Histórias Maravilhosas (2003) e Sweeney Todd: O Barbeiro Demoníaco da Rua Fleet (2007) são alguns dos 14 filmes que o museu exibirá na retrospectiva. Cerca de 700 objetos, raramente ou nunca antes vist

Batman invade niver de Ivete

Imagem
O Impostor, personagem e quadro do programa Pânico na TV (Rede TV), conseguiu penetrar na festa de aniversário de Ivete Sangalo, realizada no último dia 30, em Salvador, vestido de Batman (a festa era à fantasia, o que facilitou o disfarce). O personagem, que não tem seu verdadeiro nome revelado, já "se convidou" para os maiores eventos do país, com a mesma cara-de-pau de sempre. Sua tática é a mesma: aparece bem arrumado, fala bem e procura se mostrar bem relacionado.

Batman, o filme, 20 anos

Imagem
Sílvio Ribas/G1 Batman - o primeiro da mais bem-sucedida franquia das histórias em quadrinhos - foi lançado com grande estardalhaço nos Estados Unidos, em 23 de junho de 1989. Com orçamento de mais de US$ 30 milhões (elevadíssimo para a época), o filme recheado de ação e espírito gótico chegou às telonas de todo o mundo em plena comemoração dos 50 anos do maior herói da DC Comics. Dirigido por um Burton recém-saído de Os fantasmas se divertem e ainda relativamente pouco conhecido, o longa-metragem foi o primeiro do homem-morcego desde o filme para a TV, lançado em 1966. Fãs de quadrinhos chegaram a desconfiar da superprodução, que tinha o baixinho calvo Michael Keaton no papel principal. Mas assim que o trailer chegou às salas de cinema não se falou mais em outra coisa no mundo pop. Estampado em camisetas, bottons, bonés, adesivos, lancheiras e dezenas de outros itens, o famoso (e renovado) logotipo de Batman se espalhou com velocidade pelos quatro cantos do planeta, num fenômeno q

Mad Hatter by Tim Burton

Imagem
Essas belas fotos, recentemente publicadas na Internet, não são de "Batman 3" (ou seria Batman sete?), mas até que poderiam ser. O Chapeleiro Louco interpretado por Johnny Depp no filme Alice no País das Maravilhas, dirigido pelo genial Tim Burton e ainda em produção, cairia no gosto do público como o bat-vilão de mesmo nome. Nessa sequência hipotética teria até a dupla de gêmeos Tweedlee Dee e Tweedle Dum, personagens de Lewis Carroll que também inspiraram inimigos do homem-morcego. Neste ano em que se completa 20 anos do clássico pop Batman, do mesmo Burton, vale a pena fazer tais associações. E é necessário aplaudir o gênio do ainda jovem cineasta, o mais criativo da atualidade. O Museu de Arte Moderna de Nova York dedica uma merecida exposição sobre sua carreira única.