Postagens

Mostrando postagens de fevereiro 22, 2011

Crônica do Brant

Imagem
O PERIGO ESTÁ POR PERTO Por Fernando Brant - Estado de Minas. Fevereiro/2011 Ele chega todas as noites por volta das dez e começa a remexer no lixo que as pessoas continuam jogando no passeio da esquina em frente. Junta todos os plásticos que encontra, mais alguns objetos inflamáveis, e põe fogo. Não é uma fogueira grande e a fumaça não se espalha muito. Fica em volta, em pé ou sentado nos calcanhares, por um bom tempo. Da minha janela, eu tento entender o que lhe passa pela cabeça, o que o faz agir dessa maneira. De repente, sempre em silêncio, ele apaga sua fogueirinha com um jato de urina e se afasta lentamente de minha visão. No dia seguinte ele volta a ocupar seu espaço na rua deserta. Não sei que tarefas mais ele desempenha ao longo dos dias. Já pensei em seguir seus passos e investigar o rumo que ele toma ou até descer de casa, ir até ele e puxar uma conversa. Mas eu não me sinto no direito de me intrometer em seu trabalho e nem desejo assustá-lo. Fico com meus pensamentos e